fbpx

Procure em  casa, um local quieto, onde possa fazer tranquilamente seus exercícios. 

Por que são eles são importantes?

Eles facilitam o trabalho de parto, conservam o corpo da mulher, evitam dores
nas costas, culotes, flacidez e melhoram a circulação. Quando a grávida pratica
exercícios tem maior facilidade para recuperar o peso depois do parto.

Quem tem restrições de praticá-los?

Os exercícios devem ser bem acompanhados em mulheres com anemia,
sangramento, diabéticas, hipertensas ou que já tiveram parto prematuro
em uma gravidez anterior.

Exercícios

Vaso Capilar











VASOCAPILAR
Excelente para a circulação. A mulher fica deitada, em um colchonete ou edredom dobrado (nada macio demais, para não prejudicar a coluna.) com pernas e braços para cima, e sacode as mãos, os braços, os pés e as pernas. Com o exercício, a

placenta (fonte de alimentação e oxigenação do feto) dificilmente envelhece. É um bom exercício para hipertensas, para evitar inchaço, varizes ehemorróidas

Contração da Pélvis
CONTRAÇÃO DA PÉLVIS
Essa atividade ajuda a posicionar o bebê corretamente. Com mãos e joelhos no
chão, a gestante deve fazer o mesmo tipo de esforço que o exercício de cócoras
Cócoras
CÓCORAS
Com ele, a mulher aprende a controlar o
músculo da pélvis e obter o seu relaxamento na hora certa do parto. Nesta posição, a grávida deve contrair e relaxar a pélvis, como se estivesse segurando a urina. A atividade também permite que o feto deslize melhor no momento do nascimento
Ponte
PONTE
Bom para evitar dor nas costas e no nervo ciático (no quadril), que costuma incomodar as gestantes. Evita parto prematuro
Sapinho
SAPINHO
Bom para fortalecer os músculos abdominais e os da pélvis.Ajuda no controle das forças na hora do parto
Alongamento
ALONGAMENTO
Para dor nas costas.
Sentada, a mulher
coloca as pernas
abertas para a lateral
e alonga para os lados
e para a frente.

Fernanda Elhiage





×